Euler de França Belém
Euler de França Belém

Galvão Bueno renova com a Globo, terá salário menor mas poderá fazer publicidade

O jornalista deve trabalhar na Copa do Mundo do Qatar, talvez como comentarista, e rendimento pode se aproximar do de Fátima Bernardes

Há quem torça para o Corinthians, para o Flamengo e, até, para o Vila Nova (como diz o Renato Dias, pós-vilanãovence, ninguém é perfeito). Mas há também aqueles que torcem contra o narrador esportivo Galvão Bueno, que, na verdade, também se tornou comentarista. O rei da Globo é, porém, mais amado do que odiado, segundo as pesquisas da TV Globo. Por isso a principal rede de televisão do país renovou seu contrato até 2022, quer dizer, a próxima Copa do Mundo de Futebol, a do Qatar, terá o profissional como uma de suas estrelas.

Aos 68 anos (72 anos, em 2022), Galvão Bueno persiste como a estrela esportiva da Globo. Há quem defenda que, na próxima Copa do Mundo, ele trabalhe como comentarista. Mas a tendência é que continue como narrador, apesar de, na renovação do contrato, isto não ter sido definido.

A novidade do novo contrato é que Galvão Bueno vai ganhar menos, mas poderá fazer publicidade. Seus rendimentos, no lugar de serem reduzidos, podem aumentar, como aconteceu com Fátima Bernardes, que ganha mais do que o dobro de seu ex-marido, William Bonner, apresentador do “Jornal Nacional”. Como pode fazer publicidade, estima-se que a ex-apresentadora do “JN” fature cerca de 4 milhões de reais por mês — pouco menos do que Faustão.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.