Marcelo Mariano
Marcelo Mariano

Filme conta história de correspondente de guerra que perdeu um olho no Sri Lanka e morreu na Síria

É preciso ter coragem para enfrentar uma guerra, mas a Marie Colvin isso nunca faltou. A premiada correspondente estadunidense já cobriu conflitos no Sri Lanka — onde perdeu um olho após uma explosão —, Iraque, Afeganistão, Líbia — tendo entrevistado Muammar Kadafi com exclusividade — e Síria — onde morreu em 2012 enquanto trabalhava para o jornal britânico “The Sunday Times”.

Diferentemente do que ocorre com frequência nos dias de hoje, com correspondentes comentando da Europa sobre guerras no Oriente Médio e em outras regiões do mundo, Marie Colvin se arriscava in loco. Isso lhe custou a vida, que agora é retratada no filme “A Private War” (A Guerra Privada, em tradução livre), dirigido pelo documentarista indicado ao Oscar Matthew Heineman.

A atriz Rosamund Pike é a responsável por interpretar a destemida jornalista. O filme, que já foi lançado nos Estados Unidos e no Canadá, ainda não tem data para estrear no Brasil.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.