Entenda por que a inflação não cai no Brasil

O governo de Jair Bolsonaro tem elevados os juros, mas a inflação se mantém alta. Isso ocorre quando a inflação é de custos

Everaldo Leite

Você já percebeu que a inflação brasileira atual tem a ver com o patamar alto dos preços dos alimentos, da energia, dos combustíveis, dos transportes etc., e que o custo total para se manter o padrão de vida alcançado no passado está cada vez maior.

Percebeu também que os aumentos na taxa de juros que o governo vem efetivando nos últimos meses não têm surtido mínimo efeito na voracidade do dragão.

Isso ocorre quando a inflação é de custos (no Brasil não existe inflação de demanda), sendo, de fato, efeito trágico do aumento dos preços administrados pelo governo, dos preços internacionais das commodities, da escassez internacional de certos insumos e também da forte desvalorização cambial.

Esse tipo de inflação não é tão sensível à variação na taxa de juros, mas há também um componente muito grave que são as expectativas dos agentes do mercado real quanto às tendências das políticas econômicas (fiscal, monetária, cambial, industrial).

Más expectativas, por fim, compelem a economia a permanecer no fundo do poço, mantendo o nível de desemprego, de baixo crescimento e de inflação. Evidências mostram que já vivemos uma estagflação.

Everaldo Leite é economista. É colaborador do Jornal Opção.

Uma resposta para “Entenda por que a inflação não cai no Brasil”

  1. Parabéns, pelo artigo. Você foi no olho do furacão, quando disse que a inflação é de custo e não de demanda, como imagina a equipe econômica do governo federal.
    Exatamente por isso aumentar a taxa Selic não resolve a saída passa pelo equilíbrio fiscal. Havendo este o dólar para de flutuar e encarecer os insumos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.