Euler de França Belém
Euler de França Belém

Crítica do escritor Diogo Mainardi ao Nordeste merece resposta dura mas não é uma questão de Estado

 

Clique na imagem para ampliar

Clique na imagem para ampliar

O Nordeste deu ao Brasil seu maior sociólogo, o pernambucano Gilberto Freyre, autor do clássico “Casa Grande & Senzala”; dois de seus principais prosadores, o alagoano Graciliano Ramos, autor de “Vidas Secas” e “São Bernardo, e a cearense Raquel de Queiroz, autora de “O Quinze” e “Memorial de Maria Moura”; dois de seus poetas mais sofisticados, os pernambucanos Manuel Bandeira, criador de “Estrela da Vida Inteira/Poesia Completa”, e João Cabral de Melo Neto, autor de “Educação Pela Pedra” e “Morte e Vida Severina”; um dos mais gabaritados historiadores, o pernambucano Evaldo Cabral de Mello, autor de “O Brasil Holan­dês” e “O Negócio do Brasil”, e um biógrafo excepcional, o jornalista cearense Lira Neto, autor da celebrada trilogia biográfica sobre o presidente Getúlio Vargas. Podem ser incluídos na lista os poetas Sousân­drade, do Maranhão, Castro Alves e Pedro Kilkerry, da Bahia, e Jorge de Lima, de Alagoas, e o romancista José Lins do Rego, da Paraíba.

O Nordeste é pobre, há imensas zonas de atraso — assim como no riquíssimo Estado de São Paulo há grandes ilhas de pobreza (os Estados Unidos têm 46 milhões de pobres — 15% da população). Portanto, quando o escritor Diogo Mainardi, ex-colunista da revista “Veja”, afirma que o Nordeste é uma região “retrógrada” e “bovina”, porque contribuiu para a reeleição da presidente Dilma Rousseff, a crítica peca pelo excesso. Primeiro, votar na petista não é necessariamente um ato retrógrado. Segundo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, não incluídos como “retrógrados” e “bovinos”, também foram decisivos para a vitória da política que está no poder.

No “Manhattan Connection”, programa da Globo News, exibido no domingo, 26, Diogo Mainardi disse sobre o Nordeste: “É uma região atrasada, pouco educada, pouco instruída” e, por isso, “tem uma grande dificuldade para se modernizar na linguagem. A imprensa livre só existe na metade do Brasil para baixo. Tudo que representa a modernidade tá do outro lado”. Puro papo. Os maiores ditadores brasileiros, Getúlio Vargas, Costa e Silva e Emílio Garrastazu Médici, eram todos do Sul do País. O inconsistente Tiririca foi reeleito deputado federal por São Paulo. As diatribes do escritor têm a ver com o clima exacerbado da campanha e com o fato de que adora polêmicas.

Porém, transformar o que disse Diogo Mainardi numa questão de Estado é mesmo falta do que fazer. O atacante Hulk, da seleção brasileira, contestou o escritor e disse que ele “não demonstra conhecimento” da “importância” da região para o país. “Infelizmente, o Mainardi demonstra ignorância e arrogância quando critica o Nordeste.” O jogador, mais do que políticos e intelectuais, fez o certo: respondeu prontamente ao ex-colunista da “Veja”. Os nordestinos e seus defensores devem fazer o mesmo: conceder entrevistas e publicar artigos criticando a opinião de Diogo Mainardi.

O deputado Silvio Costa, do PSC de Pernambuco, talvez para fazer média com seu Estado e o Nordeste, praticamente exigiu que o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves (PMDB), mande um ofício à Globo News para que esta exija que Diogo Mainardi se retrate. Se o escritor não aceitar a exigência de retratação, Silvio Costa recomenda que a Câmara processe-o judicialmente.

A Justiça é o fórum adequado para se resolver pendengas que têm importância. No caso, o deputado Silvio Costa deveria pedir espaço num grande jornal e expor suas opiniões contrárias às de Diogo Mainardi. Poderia ligar para o editor do “Manhattan Connection”, sem nenhuma “pressão” do Legislativo ou judicial, e pedir alguns minutos para defender o Nordeste, mas admitindo, logicamente, que as pessoas têm direito à opinião — dura ou frágil, certa ou errada — sobre quaisquer assuntos.

13 respostas para “Crítica do escritor Diogo Mainardi ao Nordeste merece resposta dura mas não é uma questão de Estado”

  1. João Paulo Silveira disse:

    Não é uma questão de Estado, sobretudo pela pusilanimidade da reflexão política desse sujeito.

  2. Nine disse:

    Sou nordestina e entendi exatamente o que o Mainardi quis dizer … com palavras menos inflamadas ele poderia ter dito exatamente a mesma coisa … quando ele fala “o povo nordestino “não fala de todos mas da maioria que não tem/teve educação de qualidade , , os que ignoram a realidade do crescimento débil do país , os muitos que passaram muita fome até há pouco tempo atrás , e fome é algo que não se esquece … os programas sociais iniciados por FHC e expandidos e modificados pelo governo do PT alimentaram essa gente e lhes aplacou a fome … interesses políticos mil( em primeiro lugar para os governantes) mas “secundariamente” lhes aplacou a fome … quando fala “bovino” , é porque boa parte do povo não tem opinião própria e repetindo ecos acham que são seres pensantes , acham que estão indo para lá ou para cá mas na realidade somente se movem quando conduzidos … mas isso também é fruto da falta da escola que educa e ensina de verdade , falta do professor bem remunerado , falta de ambiente propício ao aprendizado, que estimulemos o raciocínio inteligente há gerações e gerações … quando ele fala que é paulista antes de ser brasileiro é porque ele não aprovou o resultado final definido pelo Brasil , como muitos “pensantes” não aprovaram e ele preferiria sim que fosse o resultado definido pelos paulistas … Em outra ocasião, em outro país foi dito “Se os porcos pudessem votar, o homem com o balde seria eleito sempre, não importa quantos porcos ele já tenha abatido no recinto ao lado” ( Orson Scott Card) … e , como nordestina , sinceramente não me senti ofendida …

    • Luiz disse:

      Você, provavelmente, é uma nordestina que não mora no Nordeste. Mas, se mora deve ser uma daquelas pessoas que se acham acima de tudo e de todos, pelo seu texto vazio de conhecimento do processo de desenvolvimento social de uma região e de uma comunidade. Quando Gilberto Freire fala de casa grande e senzala, ele fala com conhecimento e conteúdo. Você e Diogo Mainardi jamais seriam capazes de entender as palavras do mestre pernambucano, nordestino.

  3. Roberto Nery disse:

    Devemos respeitar as opiniões e maneiras de se expressar desde que não fira as leis. Eu sou assíduo tele-espectador do Manhattan Conettion e acho que ouve foi um pouco de má interpretação e vaidade por parte do jogador e só. Eu respeito demais as opiniões do Diogo Mainardi para não entender o que quiz dizer tão inteligente jornalista e escritor. Morei no nordeste tenho amigos nordestinos e poderia até me irritar com o comentário que em, primeira análise, poderia injusto. Ele é mesmo contundente em suas palavras, mas até aí não há nada de errado na minha humilde opinião. Acho sim e é inegável que uma região com baixíssimo indice de desenvolvimentocom a grande e esmagadora maioria da população que não ter consciência do que realmente importa p pais e por este motivo prefere manter no poder alguém que dá dinheiro (bolsa família) com finalidade eleitoreiras. O jogo democrático é assim infelizmente e teremos que aceitar. Se aqueles que como eu erradamente em outras eleições preferia não votar por conta da desilusão com a instituição política votasse sem abstenção ou sem anular seu voto acho que esta história seria bem diferente. Haja vista a margem de diferença nesta eleição. Veja se é mentira neste caso. Quando nos setores mais produtivos do país um mandatário faz besteira o cara faz uma vez só, porque quem tem mais comprometimento pagando as contas do governo, não se deixa ser sacaneado por muito tempo. Ou seja quer fazer besteira faça uma vez só. Esta seria a chance do Aécio que não boto a minha mão no fogo também. Ele seria apenas uma oportunidade de mudança e se não mudasse colocaríamos outro e assim por diante. Ou seja, se fizer besteira tem que mudar. A região nordeste acabou mostrando, na minha opinião, que não importa nem os escândalos do mensalão nem da Petrobrás desde que se garanta o “dinheirinho sujo” do bolsa família e outras medidas assistencialistas tá tudo bem. Ou seja, a população deixando o PT no poder está dizendo em voz bem alta que deve continuar roubando. Agora pra mim não importa o que vem de diferente se mostrou que é ruim tem que sair do poder. E o único poder que o contrinuinte tem é de tirar o poder de quem tá roubando.

    • Adeneval Jose Francisco disse:

      ENTÃO ME RESPONDA, OS PAULISTAS FORAM PARA AS URNAS SEM TOMAR BANHO E VOTARAM NO ALKIMIN, E VC VEM FALAR QUE NOS SETORES MAIS PRODUTIVOS NÃO TEM VOTO MANIPULADO???? ESSA OPOSIÇÃO ESTÁ CADA VEZ MAIS LOUCA COM SUAS JUSTIFICATIVAS PARA A DERROTA ACACHAPANTE QUE SOFREU NO NORDESTE, NINGUÉM LEMBRA QUE O NORDESTE FOI A REGIÃO QUE MAIS CRESCEU NOS ÚLTIMOS ANOS!!! SE SUA TEORIA FOR CORRETA, ENTÃO PODEMOS DIZER QUE O POVO MINEIRO NÃO SE DEIXOU SER SACANEADO MAIS UMA VEZ PELO AÉCIO?????? OU NÃO?

  4. Dirson disse:

    O sentimento que podemos ter por este Diogo Mainardi é pena.

  5. inez disse:

    Obrigada Senhor Euler por suas palavras, concordo plenamente! sou nordestina, tenho orgulho de ser, por tudo que é inerente ao nordestino: força de vontade, determinação, coragem. Se ainda somos uma região com atraso muito devemos aos currais políticos existentes mas, também o sudeste, sul e centro oeste devem muito a nós que erguemos suas cidades com nosso suor. Se vamos ao “sul” vencer, vamos também contribuir com sua economia, cultura, generosidade etc.Este jornalista, apesar de um homem inteligente, parece ser uma pessoa revoltada com a vida e seus semelhantes, será por quê? vive destilando seu rancor a tudo e a todos, parece que para ele está sempre nublado com jeito de grande tormentas.

  6. Luis Fergon disse:

    A opinião de Diego Mainard retrata o pensamento do cidadão mediano do sul do país sobre os nordestinos: devem servir para empregadas domésticas e peões – e só. Porisso devem ser submissos à vontadfe de seus amos. Sim, amos, por que são escravos, sem vontade ou opinião própria. Faz pouco tempo alguém propôs que limitassem o acesso dos nordes ao IT, IME, IRB e outros feudos elites pró-européias brasileiras.

    • Juninho disse:

      Pelo menos eu vou dizer o que penso sobre esses povinhos do sul e sudeste, que não passam de caricaturas nazistas. Os sulistas são tão burros que só vivem tomando chimarrão, justamente porque têm vergonha de mostrar que comem capim. São Paulo nada mais é do que um curral eleitoral tucano e os paulistas tão estúpidos que não conseguem enxergar nada além dos limites da cidade que eles moram. Isso, junto com o besteirol que você escreveu é a prova cabal de que a maior cidade da América Latina abriga seres de Q.I. inversamente proporcional ao tamanho dela. Por isso, pare de fazer vergonha e vá ler um livro ou estudar alguma coisa.

  7. Batista Ipc disse:

    Opinião se assemelha a administração de um determinado medicamento: dose excessiva é perigosa torna-se um veneno de efeitos colaterais graves. Dessa forma eu defino a infeliz opinião desse cidadão, carregado de discriminação e promove uma divisão onde sul e sudeste é os educados e politizados e as demais regiões de alienados.
    Lembrando este moço que REGIÕES SUL E SUDESTE TÊM MAIS ELEITORES DE DILMA QUE NORTE E NORDESTE; Somados, os Estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais detêm 41,6% do eleitorado brasileiro, segundo o TSE (Tribunal Superior Eleitoral),
    Maiores colégios eleitorais em %:
    São Paulo–22,4%–Com 31.998.429 eleitores
    Minas Gerais–10,6% –Com 15.248.680 eleitores
    Rio de Janeiro–8,5% –Com 12.141.143 eleitores
    Bahia–7,1% –Com 10.185.417 eleitores
    Rio Grande do Sul–5,8%–Com 8.392.033 eleitores
    A cidade de São Paulo possui mais eleitores do que 23 dos estados brasileiros, perdendo apenas para o próprio estado de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Bahia.
    O programa Bolsa Família atende 14 milhões de famílias que tem, na média, 3,6 membros.
    É o maior programa do mundo, no gênero.
    O Governo FHC (PSDB), de fato, foi pioneiro na matéria.
    E São Paulo, acredite , está no top 5 dos que mais recebem:
    1º LUGAR Bahia–1,8/Milhão
    2º LUGAR São Paulo–1,2/Milhão
    3º LUGAR Pernambuco–1,1/Milhão
    4º LUGAR Minas–1,1/ Milhão
    5º LUGAR Ceará–1,1/Milhão

  8. Louis Fergon disse:

    No pensamento geral dos sulistas, o norte/nordeste deve ser a região fornecedora de matéria prima e mão de obra barata para suas indústrias ou seja: colônia do sul. Mainardi representa o pensamento geral paulistano. Ele tem direito de escrever o que pensa, seja ofensivo ou não. Nós temos o direito também e declarar que precisamos de autonomia e descentralização do poder.

  9. luiz fernando disse:

    ele falou a verdade o povo nordestino é um povo conduzidos é uns marias vai com as outras

  10. Luiz disse:

    Tentar dialogar com Diogo Mainardi e como atirar pérolas aos porcos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.