Euler de França Belém
Euler de França Belém

A brutal deselegância de Galvão Bueno com um atleta paraolímpico

O narrador esportivo, conhecido como rei das gafes, exigiu que Fernando Fernandes se levantasse para ouvir o hino da Jamaica

Galvão Bueno: o rei das gafes televisuais

Galvão Bueno: o rei das gafes televisuais

A mídia tratou como gafe, mas se trata de uma deselegância brutal rara: o narrador esportivo Galvão Bueno, depois de Usain Bolt ter conquistado a medalha de ouro na corrida dos 200m, convidou todos que estavam no estúdio da TV Globo para levantarem para ouvir o hino da Jamaica. “Vamos lá, todos de pé, por favor, que nós vamos ouvir com muito respeito o hino da Jamaica”, exigiu. Ocorre que entre os presentes no estúdio estavam os atletas paraolímpicos Fernando Fernandes e Lars Grael. Numa cadeira de rodas, devido a um acidente, Fernando Fernandes disse: “Deixa eu ficar sentado”. Paraplégico, não tem condições de ficar em pé.

Um internauta comentou no Twitter: “Galvão com um cadeirante no programa foi fazer uma brincadeira e mandou todo mundo se levantar. Se sou o cadeirante levanto só de raiva”. O problema é que não se tratou de uma brincadeira.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.