46098895Por que a “Veja” abriu três páginas para um livro extremamente ruim como “A Vida é uma Festa — A História de Amaury Junior, o Maior Colunista Social do Brasil” (HarperCollins, 256 páginas)? O autor, Bruno Meier, pertence à revista. Terá o repórter esquecido de Ibrahim Sued e Zózimo Barroso do Amaral? Um título mais justo acrescentaria “da TV” depois de “Social”.

Faustão, da TV Globo, tem o hábito de nomear o “maior ator”, o “maior cantor”, o “maior escritor”, o “maior tudo”. É provável que Bruno Meier, repórter competente e sério, tenha se tornado uma espécie de Faustão dos biógrafos.

O lançamento do livro deveria ter ficado circunscrito à página “Gente”, espécie de coluna social maliciosa da “Veja”.