Euler de França Belém
Euler de França Belém

Alexandra Lima é a substituta de Paulo Lacerda na gerência comercial do Pop

Paulo Lacerda deixa a gerência comercial e vai cuidar  apenas da área de eventos Divulgação/Twitter

Paulo Lacerda deixa a gerência comercial e vai cuidar apenas da área de eventos
Divulgação/Twitter

Uma mudança na gerência comercial do “Pop” foi feita com discrição — exceto por uma leve mexida no expediente. O nome de Paulo Lacerda, gerente comercial durante vários anos, não é mais apontado. Por intermédio do correio eletrônico, ele informou aos proprietários e diretores de algumas agências de publicidade que sua saída da gerência comercial, com a consequente transferência para a coordenação de eventos do jornal, não significa uma queda, como se especulou no mercado, e sim uma promoção. Publicitários falam em “queda para o alto”. Porém, como o Grupo Jaime Câmara vai investir maciçamente em eventos, com a possibilidade de constituir uma empresa para geri-los, é possível mesmo que não se trate de uma “queda”. A empresa, se criada, organizaria eventos do GJC e de outros setores da iniciativa privada.

A um publicitário, do qual é amigo, Paulo Lacerda diz que está “satisfeito” e que “aprecia” cuidar de eventos.

O que o GJC pretende fazer é transformar os eventos, cada vez mais, em motivos para aumentar o faturamento comercial. A nova gerente comercial, Alexandra Lima, é apontada como uma profissional experimentada. Ela trabalhou na empresa durante algum tempo, depois foi para Belo Horizonte, para acompanhar o marido, e retornou para Goiânia. Devido à “competência”, foi recontratada. No “Daqui”, foi uma das organizadoras das promoções, tidas como bem-sucedidas. Fora do mercado jornalismo, dirigiu o marketing das lojas Novo Mundo.

Publicitários dizem que a ascensão de Alexandra não muda quase nada, mas admitem que o “Pop” precisava mesmo de um profissional “mais presente” e, quem sabe, “motivado”. Os publicitários dizem que a equipe do comercial permanece a mesma, assim como a política da empresa, que, com uma tabela comercial rígida, tem sido criticada pelos profissionais do ramo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.