Um mutirão de cirurgias eletivas viabilizou a realização de 170 cirurgias em 20 dias na cidade de Senador Canedo. Trata-se do programa Avança Saúde, que tem previsão de mais mil procedimentos a serem concluídos.

A iniciativa foi com o objetivo de reduzir a fila de espera por cirurgias eletivas, causada pela pandemia da Covid-19. Antes ainda do início do programa, foram feitas 231 cirurgias eletivas ginecológicas de dentro da maternidade.

O programa Avança Saúde foi lançado oficialmente na dia 13 de abril, iniciando em seguida os exames pré-operatórios. As cirurgias do programa começaram no último dia 24. Em paralelo, cirurgias em mulheres continuaram a ser feitas na Maternidade Aristina Cândida. Em 22 dias, foram 170 cirurgias no Avança Saúde, o que dá uma média de mais de oito procedimentos por dia.

A secretária de Saúde, Verificar Savatin, ressalta a importância do Avança Saúde. “Estamos muito satisfeitos com os resultados alcançados por esse mutirão de cirurgias eletivas. Sabemos que a espera por esses procedimentos causa desconforto e sofrimento para as pessoas. Com essa iniciativa, pudemos agilizar o atendimento e proporcionar alívio e qualidade de vida aos pacientes”, pontuou.