O vereador Paulo Magalhães (UB) realiza, nesta terça-feira, 14, às 15 horas uma audiência pública para debater a situação das pontes, drenagens e viadutos de Goiânia. O intuito é criar um plano de ação, junto às instituições competentes, para resolver os problemas estruturais.

Em janeiro, um relatório produzido pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Goiás (CREA-GO) apontou que três pontes estão em situação estrutural crítica e uma em condição ruim. A avaliação de 66 pontes e viadutos identificou 226 anomalias, desde abalo em pilares a deterioração severa de guarda corpo.

Paulo Magalhães, vereador | Foto: Divulgação

Com as tempestades que tem caído na capital nos últimos dias, Magalhães demostram preocupação, com o grande volume de chuva que acaba gerando alagamento pela cidade. 

“A parte central de Goiânia não comporta da caixa do córrego Botafogo, então, a parte de drenagem é muito importante”, pondera. 

À reportagem, o parlamentar diz que é “uma falta de responsabilidade” da prefeitura de Goiânia, a falta de manutenção de boieiros. “Inclusive eu tenho uma emenda do plano diretor para proibir construção de garagem subterrânea, porque eles aprofundam muito e ultrapassaram o lençol freático e a água vai para o asfalta e vai para a boca de lobo.”