Apesar de ser o menor número registrado pelas pesquisas do Datafolha sobre o tema, um em cada quatro brasileiros ainda afirmaram que a quantidade de comida em casa foi insuficiente durante os últimos meses. De acordo com o instituto, 24% dos entrevistados relataram falta de comida, enquanto 56% disseram que foi o suficiente e 20% que houve sobre de alimentos.

Em comparação com os meses anteriores, em setembro e julho, o percentual de pessoas com falta de alimentos era de 27% e 33% respectivamente. O atual valor foi o mesmo registrado em março deste ano, sendo que no sétimo mês deste ano foi notada a maior porcentagem desde o início das pesquisas, em março de 2022.

O número de pessoas que tiveram uma maior abundância de comida também cresceu de 16% para 20% em relação ao último levantamento. Sendo que a quantidade dobrou em relação a primeira pesquisa feita pelo Datafolha.

Para realizar o levantamento, o instituto de pesquisas do Grupo Folha ouviu 4.580 pessoas em 252 municípios entre terça-feira, 25, e quinta-feira, 27. A margem de erro pode variar entre dois pontos percentuais.