Vereadores de Anápolis criticam Delegado Waldir e vão deixar o PSL

Parlamentares Thaís Gomes e Deusmar Japão planejam se filiar ao partido Aliança pelo Brasil, do presidente Bolsonaro

Thaís Gomes de Souza: vereador em Anápolis | Foto: Câmara

Os vereadores do PSL em Anápolis — Thaís Gomes de Souza e Deusmar Japão — trocá-lo pelo partido que o presidente Jair Bolsonaro está criando, o Aliança pelo Brasil.

Thaís Gomes e Deusmar Japão tem criticado o deputado federal Delegado Waldir Soares, presidente regional do PSL. Numa reunião com o deputado Paulo Trabalho, que também planeja sair do partido, as orelhas do chefão do PSL devem ter ficado vermelhas.

Deusmar Japão: vereador em Anápolis | Foto: Câmara Municipal

As críticas dos vereadores foram dirigidas ao Delegado Waldir e também a Edison Tavares. Junto com Paulo Trabalho, disseram que tanto o deputado federal quando o empresário tem uma enorme capacidade de desagregação. Os três não aprovam, por exemplo, o fato de Delegado Waldir ter “xingado” Bolsonaro e repudiam o fato de que o presidente estadual planeja tomar o mandato tanto de Paulo Trabalho quanto do outro deputados estadual do partido, Humberto Teófilo.

Políticos de Anápolis estranham, porém, o fato de Thaís Gomes seguir Bolsonaro. Porque a vereadora é ambientalista e o presidente é um crítico contundente dos ambientalistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.