Vereador propõe privatizar Mutirama, Zoológico e Clube do Povo

Segundo Lucas Kitão, Prefeitura de Goiânia não tem competência para gerir espaços

Brinquedo quebrado no Mutirama

Após o acidente que deixou 11 pessoas feridas no Mutirama, sendo 3 em estado grave, na quarta-feira, 26, o vereador Lucas Kitão (PSL) anunciou ao Jornal Opção que irá propor a desestatização do parque, do zoológico e do Clube do Povo (na Região Noroeste). Vídeos postados nas redes sociais mostram o desespero de quem estava no local após o ocorrido. Uma mulher teve a perna esmagada com a queda do brinquedo chamado Twister e segue internada na UTI do Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo).

Vereador Lucas Kitão: “Falta gestão”

Kitão afirma que a Prefeitura de Goiânia comprovou que não tem competência e qualificação para gerir os espaços. “Ficamos nesse paradoxo de que privatizar é ruim. Há prós e contras, mas quando o poder público mostra que não dá conta, é melhor tentar algo novo.” Ele defende que a gestão Iris Rezende (PMDB) estude modelos de parcerias público-privadas (PPPs) e/ou de concessão para poder melhor gerir o parque.

“Veja o exemplo da Pinacoteca e do Museu do Futebol, em São Paulo. O Mutirama prestará um serviço de qualidade, com mais segurança para a população, aumentará a oferta de entretenimento e ainda por cima vai gerar mais empregos”, completou.

Além disso, o vereador aposta que, com a desestatização, outro grave problema que castiga o parque terá fim: a corrupção. “Há muito tempo sabemos que o prefeito usa a Agetul [Agência Municipal de Turismo e Lazer] como cabide de emprego e para cumprir acordos políticos. Não dá mais”, criticou. Por fim, ele lembra que o abandono não se dá por falta de recursos: “O Mutirama é superavitário, é rentável para a prefeitura. O que falta é gestão.”

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

WA SOLAR

É isso que a população quer dos governantes! Que atuem como órgãos reguladores e fiscalizadores, e não como “donos” de empresas ou instituições onde geralmente empregam seus companheiros de partido interessados somente em se perpetuar no poder. Esperamos que essa iniciativa do vereador se torne realidade, assim como João Dória está fazendo em SP e trazendo resultados imediatos de melhorias para as pessoas.