Vanderlan Cardoso reúne força política de Goiânia e Iris Rezende busca “alienígenas”

87978

Francisco Júnior, Virmondes Cruvinel e Djalma Araújo: apoio consistente para Vanderlan Cardoso em Goiânia

O candidato do PMDB a prefeito de Goiânia, Iris Rezende, desesperou-se com o fato de que, no segundo turno, o candidato do PSB, Vanderlan Cardoso, conseguiu ampliar sua frente política. Para contrapor às boas notícias do postulante pessebista, os luas vermelhas peemedebistas adotaram uma tática que, se chama atenção, não rende votos: convocaram prefeitos eleitos e líderes municipais do partido para participarem da campanha na capital.
Gustavo Mendanha, prefeito eleito de Aparecida de Goiânia, e Maguito Vilela, prefeito de Aparecida, estão fazendo caminhadas em Goiânia. A tática pode não funcionar e soar como uma espécie de “invasão alienígena” e, deste modo, contribuir para aumentar a rejeição de Iris Rezende. Em Jataí, Maguito Vilela interferiu, retirou o candidato do PMDB e bancou o candidato do DEM, o milionário Victor Priori, para prefeito. O prefeito Humberto Machado, sentindo-se humilhado, não apoiou o postulante democrata, liberou seus aliados para votar em quem quisesse (ele mesmo votou em Vinicius Luz, do PSDB) e passou a cuidar apenas da gestão municipal. De camarote, assistiu a derrocada de Priori e a ascensão e, finalmente, a vitória de Vinicius Luz, um jovem de 40 anos.

Portanto, longe de provar força, ao atrair prefeitos eleitos para Goiânia, Iris Rezende dá mostra de fraqueza eleitoral, pois não conseguiu incorporar nenhuma força política significativa de Goiânia à sua campanha no segundo turno.

Vanderlan Cardoso, pelo contrário, está conseguindo o apoio expressivo de forças políticas da capital e, também, de partidos políticos enraizados na capital. O PR de Waldir Soares (mesmo que este tenha se declarado neutro), Magda Mofatto e Flávio Canedo já está na campanha do postulante do PR. Certo, Magda Mofatto e Flávio Canedo são de Caldas Novas, também “alienígenas”, mas o PR bancou candidato na capital, que, bem ou mal, chegou em terceiro lugar.

O deputado Virmondes Cruvinel (PPS) e sua mãe, a ex-vereadora Rose Cruvinel (PMN) — vice do delegado Waldir Soares no pleito deste ano —, já estão no palanque de Vanderlan Cardoso. O parlamentar representa uma força jovem considerável e em ascensão.

O deputado Francisco Júnior, que ficou em quarto lugar na disputa pela Pre­feitura de Goiânia, mas fez grande figura, conquistando a simpatia da classe média, é, quem sabe, a grande conquista da campanha de Van­derlan Cardoso.

A Rede de Djalma Araújo é uma força progressista que, no segundo turno, acompanha Vanderlan Cardoso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.