Tomates podres

Um dia o povo foi iludido e permitiu que este tomate podre permanecesse na prateleira junto com os demais e se passaram 14 anos

Dia 28 de outubro teremos esta grande oportunidade de sepultar de vez esse tomate podre que se chama Fação Criminosa PT | Foto: Divulgação

Clodoaldo Donadon Pereira*

Sabemos que um tomate podre faz muitos estragos se não tirarmos de circulação urgente. Quando criança trabalhei em uma mercearia do meu amado pai por muito tempo e aprendi que se surgisse um tomate podre pela manhã já o tirávamos de circulação porque logo iria contaminar os demais. Era questão de um, dois ou três dias e toda caixa de tomate estaria perdido, com prejuízos diversos.

Não fazendo o dever de funcionário e acreditando em fábulas, um dia o povo foi iludido e permitiu que este tomate podre permanecesse na prateleira junto com os demais e se passaram 14 anos. Imagine quantos estragos? Quantos prejuízos para as famílias? Quantas crianças não alimentadas? Quantos gastos desnecessários? E o odor que ficou ambiente? E a proliferação das doenças? E o mal ocasionado à saúde, paz e harmonia naquele ambiente?

É preciso fazer o trivial, o básico. O que fazer? É simples. Vamos nos unir e limpar esta mercearia/armazém. Vamos pedir apoio dos vizinhos, parentes, amigos e juntos podemos começar esta grande faxina que trará de volta a harmonia e o aroma de antes.

Plano de Ação: tirar todos os tomates podres e jogar no lixo. Não pode ser qualquer lixo, devemos eliminar de forma que nem as sementes possam ser aproveitadas.

Dia 28 de outubro teremos esta grande oportunidade de sepultar de vez esse tomate podre que se chama Fação Criminosa PT. Esse tomate vermelho está podre e precisa ser descartado. PT nunca mais!

Mas e o Bolsonaro? Calma. Essa banana, beterraba ou sei lá o que estava nesta mercearia/armazém, mas em outra repartição, e temos sim que tomarmos alguns cuidados: dar um tratamento, isto é, colocar em água sanitária por 15 minutos (quatro anos) e na geladeira (presidência).

Só isso? Não. Durante estes quatro anos é preciso fiscalizar e monitorar para ver se as bananas e batatas tiveram alguma contaminação com aqueles tomates podres. Precisamos estar vigilantes 24 horas.

Mas e depois? Bem, daqui quatro anos vamos fazer outra limpeza e filtrar mais e mais visando ter verduras e frutas saudáveis e de melhor qualidade.

“Se meu povo, sobre o qual foi invocado o meu nome, se humilhar, se procurar minha face para orar, se renunciar ao seu mau procedimento, escutarei do alto dos céus e sanarei sua terra.”  (2 Crônicas 7:14, Bíblia Sagrada)

Faça sua parte. Vamos passar a limpo este país.

*Clodoaldo Donadon Pereira é tenente-coronel do Corpo de Bombeiros Militar de Goiás (CBM-GO), formado em Teologia, Direito e Engenharia

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.