Supremo anula condenação contra Arruda, que pretende voltar à política

José Roberto Arruda foi condenado pela Justiça e chegou a ser preso. Ele planeja disputar mandato no Distrito Federal

Marido da deputada federal Flávia Arruda — pré-candidata a senadora pelo PL —, o ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda planeja disputa mandato este ano. É cotado para uma vaga na Câmara dos Deputados. Politicamente, é considerado mais forte do que sua mulher.

Flávia Arruda e José Roberto Arruda: tentativa de retorno à política |Foto: Reprodução

O caminho começa a ficar livre para Arruda. O Supremo Tribunal Federal — leia-se o ministro André Mendonça, apontado como da “cota bolsonarista” — “anulou a primeira condenação de José Roberto Arruda nos processos do mensalão do DEM. O caso terá de recomeçar do zero na Justiça Eleitoral”, informa o repórter Bernardo Mello Franco, de “O Globo”.

Há alguns anos, depois de ter sido filmado guardando dinheiro num saco de papelão, Arruda, quando governador do Distrito Federal, foi preso pela polícia. O ex-governador sustentou que o dinheiro não era para si, e sim para comprar panetone para crianças pobres. A polícia e a Justiça não acreditaram na versão edulcorada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.