Sandes Júnior, do PP, frisa que não irá para o Tribunal de Contas dos Municípios. “A fila para se tornar conselheiro é longa e, asseguro, não estou nela.”

O que Sandes Júnior quer mesmo é permanecer na Câmara dos Deputados, em Brasília.