Saída de José Eliton pode “esvaziar” o PP em Goiás

Com a ida do vice-governador para o PSDB, procura pelo partido progressista tem caído 

ze-eliton-lailson-damasio-OK

José Eliton e Marconi Perillo: vice se filia ao partido do governador de olho em 2018 | Foto: Lailson Damásio

O vice-governador de Goiás, José Eliton, acertou sua saída do PP e está de malas prontas para o ninho tucano. A filiação ao PSDB está marcada para o final de setembro e tem, claro, apoio do governador Marconi Perillo.

Com este novo cenário, o partido — que é um dos maiores aliados do governo estadual — pode acabar “esvaziado”.

Se antes lideranças por todo o Estado acertavam filiação ao PP, sem José Eliton — que é candidato natural ao governo em 2018 –, a procura se torna injustificada. E tal situação já tem sido notada dentro do próprio partido.

Atualmente, o PP tem dois deputados (ambos federais): Roberto Balestra e Sandes Júnior, que na verdade é suplente — ocupa a vaga do secretário de Planejamento Thiago Peixoto (PSD).

Um exemplo de negociação que não se concretizará? A filiação do prefeito de Rio Verde, Juraci Martins, e do deputado estadual e pré-candidato a prefeitura da cidade, Lissauer Vieira (ambos do PSD). Os dois foram convidados por José Eliton, mas acabaram desistindo após o anúncio de mudança para o PSDB.

Contracorrente 
Senador Wilder Morais deve se filiar ao PP | Foto: Agência Senado

Senador Wilder Morais deve se filiar ao PP | Foto: Agência Senado

Apesar do novo cenário, o senador Wilder Morais, atualmente no DEM, é cotado para se filiar ao PP. Nos bastidores, o empresário quer assumir o comando da legenda em Goiás para poder disputar a reeleição em 2018.

Em que pese a vinda do senador, até agora, apenas seu irmão, o prefeito de Taquaral de Goiás, Willis Antonio de Morais, o Ziro, anunciou que pretende se filiar ao PP.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.