Presidente do PHS diz que é leal ao governador Marconi, mas admite que está aberto ao diálogo com outras correntes

bastidores1
O presidente nacional do PHS, Eduardo Machado, disse ao Jornal Opção na quarta-feira, 9, que o partido só vai definir sua posição oficial sobre coligações majoritárias em maio. “Nós, do PHS, permanecemos fieis à base do governador Marconi Perillo, porém insistimos que a definição sobre aliança majoritária só sairá em maio.”

Um dos políticos mais articulados de Goiás, Eduardo Machado afirma que, com a declaração acima, não está fechando portas para ninguém. “Estou apenas explicitando que somos leais à base do governador Marconi Perillo.”

Quanto a uma possível aliança com o pré-candidato do PT a governador de Goiás, Antônio Gomide, o presidente do PHS disse que não há nada definido. “Tenho laços de amizade com o deputado federal Rubens Otoni e com o ex-prefeito de Anápolis Antônio Gomide. Sei que Gomide é um candidato forte a governador, mas não definimos aliança com o PT. Insisto: o PHS só define aliança em maio.”

Se depender de Gomide, o presidente do PHS será o seu vice. Eduardo Machado, no momento, prefere ser candidato a deputado federal.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.