Prefeitos e líderes partidários dizem que José Eliton tem carisma e é receptivo a todos

Políticos e intelectuais ressaltam caráter moderno do pré-candidato a governador pelo PSDB e afirmam que é conectado aos tempos atuais e não é populista

José Eliton, pré-candidato a governador pelo PSDB, é visto pelos prefeitos como um político carismático, agregador e responsável

As pesquisas de intenção de voto para governador têm mostrado que um pré-candidato, o senador Ronaldo Caiado, é um líder estagnado. Mais: o que parece popularidade será melhor entendida se vista como conhecimento. No momento, as pesquisas, mesmo as sérias, registram mais conhecimento do que popularidade real. Mas um dado não deve ser negligenciado: quanto mais se torna conhecido, o pré-candidato do PSDB, José Eliton, consolida sua posição e cresce no conceito da sociedade. Ao contrário do postulante do DEM, o tucano está em ascensão.

Na convivência mais estreita com prefeitos, líderes partidários e integrantes de segmentos organizados da sociedade, como empresários e líderes trabalhistas, e intelectuais, José Eliton vai formatando seu discurso. Os intelectuais elogiam a consistência de seu discurso, avesso ao populismo, e sugerem que sabe falar aos indivíduos e aos cidadãos. Trata-se de um homem público com vocação tanto para a política quanto para a gestão. Sua experiência como gestor, atento ao fato de como deve funcionar o Estado moderno — como se fosse uma empresa, mas sem perder de vista que o investimento público, quase sempre a fundo perdido (o ganho é mais social do que econômico ou financeiro) —, tem sido realçada. A questão da responsabilidade no trato da coisa publica é outra questão que economistas, por exemplo, elogiam quando mencionam o nome do vice-governador.

Quando a palavra é passada aos prefeitos, como Roberto Naves, de Anápolis, José Antônio, de Itumbiara, e Issy Quinan, de Vianópolis, é que se percebe com mais nitidez por quais motivos José Eliton está avançando. Eles dizem que está se cristalizando a ideia de que o postulante ao governo pelo PSDB — com apoio de vários partidos, como PP, PR, PSD, SD, PSB, PPS e PTB — tem carisma e é um político diferenciado, pois tem palavra e cumpre aquilo que promete, além, de politicamente, ser agregador. O homem do interior, frisam os prefeitos, aprecia aquele político que fala e faz e que sabe dialogar com todos. Este seria o retrato de José Eliton.

Os prefeitos e líderes partidários frisam que, por ser jovem e devido à sua formação intelectual — é um advogado altamente gabaritado, portanto defensor do Estado de Direito —, José Eliton é um político diplomático e profundamente conectado ao seu tempo, contemporâneo de todos os goianos. Ao mesmo tempo, afirmam seus aliados, é um político limpo, sem máculas, sem desgastes.

Nos encontros do Goiás na Frente, os prefeitos mantêm contato estreito com José Eliton, pois o consideram um líder político municipalista. O mais curioso, nos eventos de assinatura de convênios, nos quais o vice-governador prefere não discutir política partidária, o jovem tucano é sempre assediado inclusive por prefeito das oposições, que se mostram empáticos com o político que avaliam como “ativo” e “receptivo” a todos os pleitos, não importando a coloração partidária dos gestores.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.