PMDB pode apostar em Iris Rezende ou no Delegado Waldir para prefeito de Goiânia

Iris Rezende e Waldir Soares: os dois políticos mais populares de Goiânia podem se unir, mas o segundo pode ser atropelado pelo primeiro | Fotos: Fernando Leite/Jornal Opção

Iris Rezende e Waldir Soares: os dois políticos mais populares de Goiânia podem se unir, mas o segundo pode ser atropelado pelo primeiro | Fotos: Fernando Leite/Jornal Opção

O dilema shakespeariano do PMDB de Goiânia é: ser Waldir Soares ou ser Iris Rezende. Líder nas pesquisas de intenção de voto, mesmo se disser que não quer — e quer, até com certo fervor —, o peemedebista-chefe deve ser pressionado por sua base política para disputar. Primeiro, porque tem chance de ser eleito. Segundo, se candidato, fortalece os postulantes a vereador. Portanto, exceto se ocorrer um terremoto, Iris é candidatíssimo a prefeito da capital de Goiás. Até as tartarugas das rotatórias dizem isto para os semáforos das ruas.

Entretanto, na avaliação de um ex-deputado peemedebista, um terremoto, “provocado” por um vulcão em erupção, de nome Waldir Soares, mais conhecido como Delegado Waldir, pode estar a caminho.

O ex-deputado diz que, se filiado ao PMDB, como se espera no caso da aprovação da “janela”, o Delegado Waldir pode ser seu candidato a prefeito de Goiânia. O peemedebista, ligado a Iris, exagera? É possível. Porque dificilmente, como favorito, Iris sairá do páreo. Muitos peemedebistas foram atropelados pelo peemedebista-chefe ao longo da história — casos de Maguito Vilela, em 1998, Henrique Meirelles, em 2010, e Júnior Friboi, em 2014. O Delegado Waldir poderia ser a mais nova vítima.

Na verdade, o Delegado Waldir prefere disputar a prefeitura pelo PSDB, porém, como sabe que o trânsito está congestionado, pode se filiar noutro partido. O tucano não gostaria de trocar de partido porque não quer ficar com a imagem de “vira-folha” logo no início de sua vida política. Mas, se for rifado da disputa, tende a buscar outro caminho. O PROS o espera de braços abertos; entretanto, sem janela, nada feito. O Partido Novo o quer? Por suas linhas programáticas, é complicado.

Tese do Delegado Waldir: como foi eleito com votos próprios, quase 300 mil, praticamente não dependeu dos votos do PSDB. O mandato, pois, seria seu — não do partido.

2 respostas para “PMDB pode apostar em Iris Rezende ou no Delegado Waldir para prefeito de Goiânia”

  1. Avatar Eurânio Batista Alves Batista disse:

    É certeza que o Iris ganha a eleição para Prefeito de Goiânia, e nem sempre termina o mandato para partir pra outro cargo, como fez outras vezes, e por ultimo entregou a prefeitura para o cara do PT que não fez nada até agora.

  2. Avatar Rogério disse:

    Chega Iris! obrigado, mas já deu!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.