Permanência de Heuler em Brasília pode ser mais útil para Rio Verde do que sua presença na prefeitura

lisaRio Verde tem pelo menos três pré-candidatos consistentes: Heuler Cruvinel, Lissauer Vieira, ambos do PSD, e Paulo do Vale, do PMDB. Karlos Cabral corre por fora por dois motivos: o desgaste abissal do PT e a falta de estrutura.

Heuler e Lissauer unidos, sob a bênção do prefeito Juraci Martins, são difíceis de serem batidos. Porém, com duas candidaturas, de Heuler e Lissauer, podem fortalecer o peemedebista.

Os dois integrantes do PSD querem ser candidatos, mas Lissauer é o preferido de Juraci Martins. Uma tese beneficia o deputado estadual. Rio Verde é um município grande, com uma população em expansão, mas com recursos de menos para obras de grande vulto. Por isso, a prefeitura precisa, e muito, dos recursos federais, em geral do Orçamento da União. A permanência de Heuler, político jovem, na Câmara dos Deputados talvez seja mais útil para Rio Verde — para atrair recursos federais —do que sua presença na prefeitura. A tese, que pode não agradar Heuler, é racional, lógica.

Como a reeleição caiu, Lissauer poderia disputar a prefeitura em 2016, com o apoio de Heuler, e este poderia disputar em 2020, com o apoio daquele. Considerando, é claro, que o grupo de ambos vai eleger o prefeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.