Peemedebismo aposta em Antônio Gomide como candidato a senador na disputa de 5 de outubro deste ano

Antônio Gomide é o objeto de desejo do PMDB. Ao passo que o ex-prefeito de Anápolis percebe o peemedebismo como noiva, o peemedebismo o quer como noiva. Mas Gomide, desta maneira, não quer casar. Ainda assim, tanto aliados de Iris Rezende quanto de Júnior Friboi apostam que, dada a fragilidade da presidente Dilma Rouseff, que está caindo nas pesquisas — o que pode levar a uma candidatura de Lula a presidente —, o PT de Goiás vai se submeter a uma aliança com o PMDB.

Peemedebistas afirmam que, embora tenha deixado a Prefeitura de Anápolis, alegando que vai disputar o governo de Goiás, Go­mide pode, “muito bem”, ser candidato a senador.

O PT, na opinião de peemedebistas, prefere eleger senadores em alguns Estados, a correr risco de perder um aliado como o PMDB.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.