Patinho feio da aliança com o tucanato, PPS não tem cargos nem no segundo escalão

O PPS é chamado de “o patinho feio do governo de Marconi Perillo”. O partido arca com o ônus de ser governo, mas o bônus fica para outros partidos. O partido dirigido por Roberto Freire — que estaria chateado com o abandono de seus aliados — não tem nenhum cargo de alguma importância no governo. Nem mesmo no segundo escalão.

Consta que o principal “adversário” do PPS no governo é o vice-governador José Eliton. O líder do PP trata bem os integrantes do partido, mas, nos bastidores, trabalharia para vetá-los. Pelo menos é o que um socialista ouviu nas dependências do governo. O argumento seria o de sempre: “Ah, o PPS não tem nenhum deputado e nenhum vereador em Goiânia”.

Deixe um comentário