Parte do Restaurante Madero é vendida por 1 bilhão de reais

O fundo Carlyle comprou 25% da rede de restaurantes dirigida pelo empresário Luiz Junior Durski

O Restaurante Madero está instalado nos três maiores shoppings de Goiânia: o Flamboyant, o Goiânia Shopping e o Passeio das Águas. Quando não há problema na cozinha, sobretudo na do Flamboyant — o que o leva o restaurante a ficar fechado por um ou dois dias —, a clientela aprova a comida, apontada como de qualidade. O Madero é um caso de sucesso e está sendo cobiçado por grandes fundos de investimentos. Na semana passada, a Carlyle, gestora americana de fundos de private equity, comprou 25% da rede Madero por 1 bilhão de reais. O negócio é intermediado pelo Itaú BBA.

Segundo o “Valor Econômico”, “os recursos com a venda devem ir para redução da dívida [cerca de 500 milhões de reais] e expansão da rede”.

A rede Madero vale 4 bilhões de reais. Sua receita em 2017 foi de 510 milhões de reais. O grupo pretende faturar de 700 milhões a 1 bilhão de reais em 2018.

O Madero tem 140 unidades no Brasil e está há 13 anos no mercado. Fundada por Luiz Junior Durski, a rede está em processo de expansão.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.