Otavinho Lage pode disputar o governo de Goiás em 2022

O empresário costuma dizer que só vai cuidar da Adial e de seus negócios, em Goianésia. Mas há quem aposte que o espaço em 2022 será para a figura do gestor especializado

O empresário Otavinho Lage (os empreendimentos da família empregam 7 mil pessoas na região do Vale do São Patrício) afirma que não será candidato a prefeito de Goianésia, em 2020. Acrescenta, por vezes, que política não é mais seu negócio e postula que o espaço está reservado para seu irmão, Jalles Fontoura, que deve disputar a prefeitura do município.

Otavinho Lage, presidente da Adial e empresário em Goianésia (negócios geram 7 mil empregos)| Foto: Reprodução

Mas, ao se tornar presidente da Adial, que representa o empresariado goiano, Otavinho Lage pode ser compelido a disputar mandato de governador, em 2022. Aos amigos, costuma sugerir que não pretende ser candidato. Mas empresários querem e políticos de vários partidos consideram que é uma alternativa para o governo. Ele é tido como um gestor eficiente.

O nome mais cogitado do PSDB é o do prefeito de Trindade, Jânio Darrot.

0 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
0 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antônio C. Dantas

Ai sim este Estado de Goiás iria dar um salto em qualidade de gestão. Que Deus nos proporcione um governador deste nível em Goiás