O que Marconi pode ensinar a Zé Eliton? Uma imensa capacidade de se reinventar

Em 2002, quando Maguito era muito forte, o tucano fez um discurso praticamente de oposição, mutando seu discurso, e ganhou a eleição

Dois analistas do grupo marconista sugerem que o candidato a governador de Goiás pelo PSDB, José Eliton, estude com a atenção duas coisas: maneira como o governador Marconi Perillo se reinventa politicamente, surpreendendo as oposições — que, não conseguindo entendê-lo, acabam sendo derrotadas —, e as eleições de 2002. Nesse ano, o tucano-chefe apareceu, nas primeiras pesquisas, bem atrás de Maguito Vilela. Mas adotou uma tática que funcionou: parecia o candidato de oposição, tais o comportamento e as propostas ousados. Outra de suas “regras” é nunca se repetir: em todas as campanhas há um Marconi Perillo diferente, com propostas e comportamentos novos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.