O Dia da Mulher e o resgate do feminino sagrado

Você não precisa ser quem não é para ser amada, não precisa ser melhor, mais bonita, mais competente, mais eficiente. Você precisa ser apenas você!

Myrella Brasil

A Mulher vem historicamente suprimindo o que ela tem de mais belo: sua sabedoria e amorosidade. O feminino é a parte amorosa do ser divino, é o que gera, nutre, cuida e ama.

Todos os seres humanos foram gestados dentro de um útero materno, como a grande Mãe Terrena que não escolhe uns em detrimento de outros, apenas acolhe e nutre a todos.

O feminino sagrado se encontra em todas as partes da natureza, na água que nutri, no ar que traz a vida, nas plantas que germinam, nas flores que desabrocham, nos frutos que amadurecem, nos animais que encantam, na terra que dá o alimento.

É o afastamento dessa realidade de integralidade e integração com sua natureza divina que traz o vazio e a infelicidade. Falta-lhe algo fundamental: seu próprio brilho, sua essência, sua alma, sua recordação de quem verdadeiramente é!

A felicidade não é algo externo, é muito pessoal. É o olhar o que trazemos de nós mesmos, de nossas competências e habilidades, de nossos anseios e lutas, de nossos desafios e superações. Olhe pra dentro de si mesma e veja seu brilho, sua luz, e permita que ela se expanda e ilumine tudo ao seu redor. Você é um ser Sagrado!

Reencontre-se consigo mesma, num profundo olhar de gratidão e amorosidade por sua história pessoal, e acolha esse feminino cansado de sofrer, de lutar, de não ser reconhecido, valorizado, amado.

Você não precisa ser quem não é para ser amada, não precisa ser melhor, mais bonita, mais competente, mais eficiente. Você precisa ser apenas você!

Ame-se! Acolha-se! Cuide-se! Empodere-se! Liberte-se!

Myrella Brasil é terapeuta, escritora, palestrante, pesquisadora (myrellabrasil.com.br).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.