O prefeito Misael Oliveira (PDT) e o presidente do PSC, Joaquim Liminha, foram fundamentais para o governador Marconi Perillo (PSDB) ser o mais bem votado em Senador Canedo.

No segundo turno, Misael Oliveira e Joaquim Liminha foram dois gigantes na campanha de Marconi Perillo. Eles disseram ao tucano-chefe: “O sr. vai ser o mais bem votado no município”.

Misael Oliveira e Joaquim Liminha cumpriram a promessa, com folga: 55,39% a 44,61%.Uma diferença de 10,78% pró-Marconi Perillo. Não é pouca coisa. “Ficamos com o moderno”, resume Joaquim Liminha, secretário de Governo da Prefeitura de Senador Canedo.