Alckmin, Doria e Marconi em São Paulo
Alckmin, Doria e Marconi em São Paulo

Pouca gente sabe, ao menos em Goiás, mas o governador Marconi Perillo, do PSDB, foi um dos maiores incentivadores da entrada do empresário João Dória Júnior na política.

No ano passado, num encontro na cidade de Campos do Jordão, João Dória perguntou ao tucano goiano o que achava de ele ser candidato a prefeito de São Paulo.

Marconi Perillo incentivou-o, sugerindo que procurasse o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e se inscrevesse nas prévias tucanas. O tucano-chefe chegou a frisar que a política precisa de novos valores.

O feeling de Marconi Perillo provou-se certeiro: João Dória foi eleito prefeito no primeiro turno, superando figuras experimentadas como Marta Suplicy, Luiza Erundina, Celso “Perdedor” Russomanno e o prefeito Fernando Haddad (os paulistas, por sinal, diziam: “Haddad? Nem ‘daddo’”).