Marconi Perillo agora pode “abrir” as portas do governo Temer para Paulo Garcia

O prefeito petista ainda tem sete meses para administrar Goiânia. Do ponto de vista da população, é muito tempo

Vereador Anselmo Pereira (PSDB), governador de Goiás Marconi Perillo (PSDB), prefeito de Goiânia, Paulo Garcia e presidente da Saneago José Taveira Rocha durante cerimônia de sanção da Lei, no Paço Municipal | Foto: Larissa Quixabeira / Jornal Opção

Paulo Garcia, prefeito de Goiânia, e Marconi Perillo, governador de Goiás, ao centro: aliança será fortalecida| Foto: Larissa Quixabeira / Jornal Opção

As coisas se inverteram: agora será o governador de Goiás, Marconi Perillo, do PSDB, que vai ajudar a abrir as portas do governo federal para o prefeito de Goiânia, Paulo Garcia, do PT. Dentro do espírito republicano.

Paulo Garcia tem mais sete meses e alguns dias na gestão da Prefeitura de Goiânia. Parece pouco, para quem pensa apenas do ponto de vista político-partidário, ou, quem sabe, eleitoral. Porém, do ponto de vista da população, que precisa dos serviços essenciais da prefeitura, ainda é muito tempo.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.