Márcio Luís da Silva vai disputar Prefeitura de Porangatu pelo MDB

A disputa local se dará basicamente entre três candidatos: Eronildo Valadares, Pedro Fernandes e Márcio Luís

Uma vitória do ex-deputado federal Daniel Vilela: o advogado e empresário Márcio Luiz deve disputar a Prefeitura de Porangatu pelo MDB.

Márcio Luis da Silva, pré-candidato a prefeito de Porangatu | Foto: Facebook

O presidente do MDB está articulando em todo o Estado para formatar uma base ampla tanta para 2020 quanto para 2022. Márcio Luís, que disputará contra Pedro Fernandes (PSDB, mas de saída, disputando pelo PP e pelo PSB) e Eronildo Valadares (vai trocar o MDB pelo DEM ou pelo Podemos), é apontado como um postulante consistente, com amplo apoio local. É tido como o principal “fato novo” do processo eleitoral deste ano.

Inicialmente, Márcio Luiz articulou com o vice-governador Lincoln Tejota (sem partido). Entretanto, como este não definiu um partido e o jovem político precisa se filiar a um partido para disputar a prefeitura, deu-se a articulação com Daniel Vilela e Sargento Claude, presidente do MDB em Porangatu.

Um aliado de Daniel Vilela informa que um encontro, na sexta-feira, 17, deve selar a pré-candidatura de Márcio Luiz pelo MDB.

Nome do PSL

O PSL deve bancar o Capitão Pires, do Exército (lotado, atualmente, em Brasília). Ele tem o apoio do presidente local do partido, Saulo Rolim, e do presidente regional, deputado federal Delegado Waldir Soares.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.