Major Vitor Hugo pode tomar o Patriota de Jorcelino Braga em Goiás

O deputado federal faz o jogo do presidente Jair Bolsonaro e pode disputar mandato de senador

Major Vitor Hugo, deputado federal, e Jair Bolsonaro, presidente da República: articulando a tomada do Patriota em Goiás | Foto: divulgação

O deputado federal Major Vitor Hugo, do PSL, é o principal aliado do presidente Jair Bolsonaro em Goiás.

Se Bolsonaro disser “Vitor Hugo será candidato a senador, a governador ou deputado federal”, o político não hesitará. Fará aquilo que o presidente determinar.

O certo é que Major Vitor Hugo não fica no PSL, até porque está rompido com seu presidente em Goiás, o deputado federal Delegado Waldir Soares.

No momento, Major Vitor Hugo, segundo um deputado, está “acompanhando” as movimentações políticas de Jair Bolsonaro. O senador Flávio Bolsonaro se filiou ao Patriota, que pode ser o mesmo destino do presidente.

Jorcelino Braga, presidente regional do Patriota | Foto: Reprodução

Como houve uma reação à filiação do presidente, porque o Patriota é um partido que funciona como uma empresa — cada grupo se considera dono de um número “x” de ações (o presidente Adilson Barroso seria o maior “acionista”, do que alguns discordam) —, Bolsonaro vai esperar um pouco mais. Mas a tendência é que se filie ao partido, e para mandar também nos Estados.

Em Goiás, se Bolsonaro realmente se filiar, é dado como certo que Major Vitor Hugo tende a assumir a presidência do Patriota, hoje sob o comando do empresário e marqueteiro Jorcelino Braga.

Se assumir o comando do Patriota, para o qual levará o deputado estadual Paulo Trabalho e talvez Gustavo Gayer, hoje na Democracia Cristã (DC), Major Vitor Hugo tentará uma composição com Jorcelino Braga. Se não for possível, tende a tentar expurgá-lo.

Jorcelino Braga é um político articulado, conta com o apoio do presidente da Câmara, Romário Policarpo, e do depurado federal Alcides “Cidinho” Rodrigues. Por isso vai tentar manter o comando do partido em Goiás. Mas Bolsonaro já informou que vai jogar pesado em todos os Estados, na tentativa de submeter as lideranças locais. Onde não for possível, vai procurar substitui-las.

O Major Vitor Hugo está quieto, nada fala sobre o assunto, mas, como “soldado” de Bolsonaro, está de sobreaviso. Se for necessário, irá à guerra contra Jorcelino Braga. Embora seja integrante da direita, como Bolsonaro, o deputado federal é tido como mais diplomático e, até, moderado. Portanto, pode tentar uma composição com o empresário-marqueteiro.

Comenta-se que Major Vitor Hugo planeja disputar mandato de senador. Resta saber se, assumindo o comando do Patriota, vai apoiar Jânio Darrot para governador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.