Maguito Vilela deve ser candidato a prefeito de Goiânia em 2020

Para fortalecer o próprio grupo, o emedebista pode colocar seu nome à disposição do partido

Maguito Vilela: anúncio de sua candidatura, já em 2019, criará expectativa de poder para o seu grupo, o que o fortalecerá

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, do MDB, será candidato à reeleição, em 2020, daqui a dois anos — um “pulinho”. A surpresa, se Daniel Vilela, do MDB, não for eleito governador de Goiás, poderá ser o nome do postulante a prefeito em Goiânia.

Há quem postule que Daniel Vilela, se for derrotado em 2018, deve ser candidato a prefeito de Goiânia. Entretanto, como pretende disputar o governo em 2022, não seria candidato a gestor da capital para, dois anos depois, deixar o cargo. Qual é a saída para fortalecer seu grupo?
Emedebistas da linha vilelista defendem que Maguito Vilela, cacifado por ter sido considerado “excelente prefeito em Aparecida de Goiânia”, seja candidato a prefeito de Goiânia. Por quatro motivos.

Primeiro, fortalece seu grupo político. Se anunciar que pode disputar, cria-se uma expectativa de poder e seu grupo não perde força. Segundo, tem chance de ser eleito. Terceiro, Iris Rezende dificilmente conseguirá barrá-lo. Quarto: seria uma maneira de conter o ímpeto de iristas, que querem o vilelismo enfraquecido.

Resta saber: Maguito Vilela quer? Ele nunca disse que quer. Mas, se o vilelismo exigir, não fugirá da raia.

 

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.