Lívio Luciano diz que Caiado vai receber o governo com um quadro “caótico”

O deputado afirma que o próximo governador de Goiás terá de pagar muitas contas atrasadas

Lívio Luciano | Foto: André Costa

O deputado estadual Lívio Luciano é uma das principais apostas do Podemos. Há quem aposte que, se Ronaldo Caiado for eleito governador de Goiás, o parlamentar será guindado ao posto de presidente da Assembleia Legislativa. Porque trafega sem arestas nas várias correntes políticas. Há também aqueles que o avalizam para a Secretaria da Fazenda, por ser auditor fiscal e conhecer como poucos a situação econômica e financeira do Estado. “Na verdade, não estou pleiteando cargo. No momento, o que quero mesmo é ser reeleito deputado”, frisa.

Lívio Luciano afirma que está “muito preocupado com a situação do Estado”. “Mesmo sem um levantamento profundo, é possível verificar que o caos está instalado. A Bolsa Universitária está atrasada. Os empréstimos consignados estão atrasados e, naturalmente, os bancos querem receber. Os prestadores de serviços estão sem receber. O governo já está procurando outras organizações sociais porque as atuais não estão dando conta de tocar o barco, porque não recebem e não têm como, digamos, operar milagres. O Goiás na Frente está devendo repasses para quase todos os municípios. Os repasses não foram feitos de maneira integral.”

No momento, segundo Lívio Luciano, o “governo está empurrando as contas com a barriga. Paga umas, deixa de pagar outras e vai levando. É uma bomba-relógio. Quando os números puderem ser divulgados a contento, vai ser um escândalo”.

O deputado afirma que Ronaldo Caiado “será eleito governador” e sua equipe vai precisar de “energia redobrada para colocar o governo em ordem”.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.