Kajuru gostaria de ter como suplentes Amado Batista e Datena Filho. Mas escolha é do PRP

Vereador afirma que não declarou apoio a Ronaldo Caiado e que vai fazer campanha autônoma


Jorge Kajuru e Amado Batista: possível dupla para o Senado em outubro deste ano

O vereador Jorge Kajuru disse ao Jornal Opção na sexta-feira, 9, que, se dependesse exclusivamente dele, seus suplentes seriam o cantor Amado Batista e o advogado Datena Filho — “duas pessoas excepcionais”. “O presidente do PRP, Jorcelino Braga, é um político leal, que me garantiu, desde o início, que eu seria candidato a senador ou a qualquer cargo. Portanto, a escolha dos suplentes passará por ele e pelo partido — o que é legítimo.”

A tendência é os suplentes do pré-candidato a senador pelo PRP serem de Anápolis — que tem o terceiro maior eleitorado de Goiás — e do Entorno de Brasília, que tem quase 20% do eleitorado do Estado. “Mas não há nomes definidos.”

Kajuru diz que, ao contrário do que a imprensa publicou, não declarou apoio à candidatura de Ronaldo Caiado a governador. “Uma pesquisa feita numa rede social, com 9.600 pessoas, constatou que 65% dos eleitores querem que eu permaneça independente. Posso ser candidato sem apoiar Daniel Vilela (MDB), Ronaldo Caiado ou qualquer outro postulante, sem subir em palanques de ninguém.”

Uma campanha autônoma, independente dos caciques políticos, é o objetivo de Kajuru.

O vereador por Goiânia diz que só tem sentido permanecer na política se for para se comportar de modo diferente da maioria dos políticos. “Não quero viajar em jatinhos e helicópteros. Prefiro fazer minha campanha de ônibus. Estou andando por várias cidades do interior de Goiás. Os eleitores dizem que uma vaga é minha e a outra é do governador Marconi Perillo (PSDB). Eles dizem que a senadora Lúcia Vânia precisa se aposentar, politicamente.”

Jorcelino Braga disse ao Jornal Opção que Kajuru é “mesmo um político diferenciado. Tanto que não faz política partidária, em termos eleitorais, na Câmara Municipal de Goiânia. Lá, no Legislativo, ele cuida dos interesses da cidade. Por isso, nesta semana, deve abrir um escritório político na capital”.

Deixe um comentário