Juraci Martins pode disputar Prefeitura de Rio Verde com Tatão na vice

Há também a possibilidade de o coronel Ricardo Rocha ser vice na chapa da oposição. Por causa da questão da segurança pública

Sem filiação política, aproximando-se do Podemos (ou do DEM), o prefeito de Rio Verde, Paulo do Vale, deve ser candidato à reeleição. Administrativamente, é bem avaliado. Politicamente, é mal avaliado. É tido como arrogante e se preocupa mais com os bairros dos ricos e, às vezes, com os de classe média. A periferia está abandonada.

Políticos da cidade frisam que não será fácil ganhar de Paulo do Vale. A aprovação dele, apesar de uma rejeição alta, é razoável. Há vários nichos de resistência ao prefeito. Como ele também atua no ramo imobiliário, na prefeitura teria trabalhado para “engessar” o setor. Os professora não o toleram e o chamam de “carrasco” — o que não preocupa o ex-emedebista, porque a opinião alheia não o incomoda (seu ego é fabuloso, dizem). O tucano Guilherme Campos sustenta que pelo menos 90% dos funcionários o rejeitam. Um vereador confirma: “A rejeição é mútua. Paulo do Vale também não gosta dos funcionários públicos.” O prefeito chegou a aumentar a carga horária de trabalho deles. “Ele não cumpriu 80% das propostas de campanha”, afirma Campos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Luziano

Não sabia que ele atuava no ramo imobiliário e por isso que tudo o que depende de prefeitura ficou mais difícil nessa gestão tipo ele está dificultando para á concorrência, E ele é muito arrogante votei nele mais não voto mais .Sem falar na promessa da água que ele fez. Que foi um dos motivos que teve meu voto!!!

Luziano

O coronel Rocha tinha de ser candidato a prefeito.