Jardel Sebba defende chapa majoritária com Marconi Perillo, José Eliton e Villmar Rocha

bastidores.qxdO prefeito de Catalão, Jardel Sebba (PSDB), defende que a composição de uma chapa majoritária deve levar em consideração: lealdade, companheirismo e tranquilidade. Por isso defende a candidatura de Marconi Perillo (PSDB) para o governo, de José Eliton (PP) para vice e de Vilmar Rocha (PSD) para senador. “Eles são companheiros e representam três partidos importantes.” Jardel fez questão de frisar que Vilmar e Eliton “são importantes para a base governista”.

Perguntado se seu aliado Thiago Peixoto (PSD), deputado federal, poderia ser vice de Marconi, Jardell respondeu de maneira enigmática: “Thiago pode ser candidato a governador… mais na frente”.

Sobre a crise interna do PMDB e sobre o conflito do PMDB com o PT, Jardel é enfático: “A oposição dividida e brigando é muito bom para o nosso projeto político. Não sei se vai ser assim, mas ainda bem que o PT de Goiás está provando que não é uma filial do PMDB”.

Jardel acompanhou o governador Marconi na visita a Belo Horizonte, onde um goiano assumiu o governo de Minas Gerais, substituindo Antônio Anastasia. Perguntado se o lançamento da pré-candidatura de Iris Rezende chamou a atenção de Marconi, Jardel foi lacônico: “O que posso dizer, com segurança, é que Marconi não ficou minimamente incomodado. Como sempre, ele disputa com qualquer um e já derrotou Iris duas vezes e Maguito Vilela uma vez”.

Ouvido sempre apurado, Jardel diz que tem escutado que os peemedebistas falam, abertamente, que querem derrotar Iris na convenção. “O que importa mesmo é que Marconi vai ser reeleito e que o PMDB vai ficar mais quatro anos fora do poder, reclamando.”

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.