Irista diz que Vanderlan Cardoso quer ser prefeito de Goiânia mas não quer conviver com Iris

Aliado de Iris Rezende afirma que o empresário não gostou da troca de Maguito por Pedro Chaves para primeiro suplente

Vanderlan Cardoso e Iris Rezende podem disputar a Prefeitura de Goiânia pela segunda vez, em 2020| Foto: Arquivo

Na sexta-feira, 17, um irista de carteirinha disse que o prefeito de Goiânia, Iris Rezende, percebeu que o candidato a senador pelo PP, Vanderlan Cardoso, não compareceu ao início da campanha do candidato a governador pelo MDB, Daniel Vilela. “Por mais que se tenha uma explicação convincente, é muito difícil convencer políticos experientes, como Iris, de que não há algum problema.” Mas qual problema?

Primeiro, segundo o irista, Vanderlan Cardoso não aprovou a troca do primeiro suplente Maguito Vilela (MDB) por Pedro Chaves (MDB). Porque o deputado federal é um líder político do Nordeste goiano, enquanto o ex-governador é um líder político estadual.

Segundo, enfatiza o irista, Vanderlan Cardoso não quer aparecer ao lado de Iris Rezende em Goiânia. “O motivo basicamente é que, como pretende disputar a prefeitura em 2020, não quer ser associado ao prefeito, que, além de bancar um candidato — ou ele mesmo poderá disputar a eleição, se tiver saúde —, está desgastado. O fato é que o empresário quer os votos do MDB, para se eleger senador — como fez Ronaldo Caiado em 2014 —, mas evita conviver com o decano emedebista.”

Deixe um comentário