Ibope costuma errar em Goiás. Fortiori, Serpes e Grupom são campeões em acertos

Apesar de sua seriedade, o Ibope não é o instituto que mais acerta em Goiás. Pode ser um problema de metodologia

Surrealismo pintura 1 forgotten_sunglasses600_309

O Ibope é um instituto de pesquisa que, apesar de alguns erros, é sério e “conhece” o eleitorado brasileiro como poucos. No entanto, a “sorte” do instituto de pesquisa em Goiás-Goiânia não é das melhores.

No Estado, as pesquisas com maior índice de acerto são do Instituto Fortiori, dirigido por Gean Carlo; do instituto Serpes, comando por Antonio Lorenzo, e do instituto Grupon, controlado por Mário Rodrigues. Há outros gabaritados, mas os três, com metodologias rigorosas, são, em geral, os que acertam mais.

O Ibope teria uma certa simpatia por Iris Rezende, candidato a prefeito de Goiânia pelo PMDB? Não se pode dizer isto, considerando a integridade do instituto. Não se trata de um Irisbope, não. O que se pode dizer é que a diferença, na comparação com os levantamentos de outros institutos, deve ser de metodologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.