Ibaneis Rocha faz campanha agressiva e pode ser eleito governador em Brasília

O candidato do MDB se tornou um “drummond” no meio do caminho de Eliana Pedrosa

Fotos: Divulgação

s candidatos a governador do Distrito Federal alternam entre o ruim e o péssimo. Por isso, não se sabe exatamente quem vai ganhar — exceto quem vai perder, o governador Rodrigo Rollemberg, do PSB. Brasília tritura seus governadores — como Agnelo Queiroz e José Roberto Arruda (que os adversários dizem usar um perfume chamada Papuda).

Ante o descalabro, e a ausência de nomes consistentes, Eliana Pedrosa, do Pros, despontou em primeiro lugar. Ela é bancada, em parte, pela velha estrutura do rorizismo.

Agora, dada a sua agressividade, que está sendo notada pelo eleitorado, Ibaneis Rocha, do MDB — tutelado pelo ex-deputado federal Tadeu Filippelli, mas dando indicativo de que tem energia para ser um governador autônomo (até enfrentar o fisiologismo de alguns deputados distritais, se eleito) —, saltou para o primeiro lugar, segundo o instituto Datafolha.

Se não ocorrer nenhum terremoto, Ibaneis Rocha deve ir para o segundo turno em primeiro lugar. Aí, para sagrar-se vitorioso, vai depender de alianças políticas com Rogério Rosso e a turma de Arruda, entre outros. Aí começam as amarras.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.