Grupo Jaime Câmara tentar obrigar o Estado a pagar gratuidades da tarifa de ônibus

Foto: Google Maps

Causou surpresa o respaldo que o Grupo Jaime Câmara deu para a ação do Ministério Público Estadual para tentar obrigar o Estado a pagar gratuidades da tarifa de ônibus instituídas em lei.

Nos bastidores, comenta-se que as empresas de transporte coletivo comandam o processo.

O governo de Goiás reagiu mostrando a fortuna paga em subsídios – que, na prática, também saem do bolso do contribuinte.

Aliás, ninguém parou para pensar que, caso o Estado venha a ter de pagar os valores das gratuidades os recursos sairão, da mesma forma, do bolso do cidadão que paga seus impostos, e que talvez seja necessário elevar a carga tributária?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.