Giuseppe Vecci pode ser candidato a governador já em 2014. O economista é mais cotado para a disputa de 2018

Poucos políticos são tão atentos quanto o governador Mar­coni Perillo (PSDB). Por isso, tem frisado que só vai disputar a reeleição depois de pesquisas bem-feitas sobre como a sociedade goiana o avalia como político e candidato.

Se não disputar o governo, Marconi tem planos “J”, “T”, “H” e “V”.

O plano “J”, ou José Eliton, é o mais óbvio. Se deixar o governo em abril, no dia 4, Eliton assume e, no mesmo dia, define-se como candidato à reeleição. Comenta-se, porém, que Marconi vai ficar no governo até o final.

O plano “V” tem a ver com Giuseppe Vecci. Se ficar no governo, sobretudo se desistir da reeleição, Marconi pode apostar em Vecci por quatro motivos. Primeiro, tem discurso. Num debate, fritaria Friboi. Segundo, é leal. Terceiro, é o novo. Quarto, não tem imagem de político tradicional.

O Plano “T” é Thiago Peixoto. Jovem, articulado, o líder do PSD é cotado para disputar o governo. O Plano “H” é Henrique Tibúrcio.

Thiago poderia ser vice de Vecci? É possível. Porém Marconi estaria preparando Vecci para a disputa de 2018. Tibúrcio é cotado tanto para disputar o governo quanto para ser vice.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.