Geraldo Alckmin quer disputar Presidência da República com Ronaldo Caiado na vice

Governador de São Paulo e senador Ronaldo Caiado: dobradinha PSDB/DEM para 2018?

Governador de São Paulo e senador Ronaldo Caiado: dobradinha PSDB/DEM para 2018?

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, confidenciou a dois deputados federais que seu sonho é disputar a Presidência da República, em 2018, com o senador goiano Ronaldo Caiado na vice.

Por que a aliança com Ronaldo Caiado? Aliados de Alckmin têm as explicações na ponta da língua.

Primeiro, como o governador paulista é moderado, aposta-se que se precisa de um vice mais agressivo. Segundo, avalia-se que o senador está cada vez mais popular no país, dadas suas críticas sólidas e corrosivas ao governo petista. Terceiro, o setor rural em peso tenderia a acompanhá-lo num apoio ao tucano. Quarto, tem se tornado uma espécie de darling da mídia nacional, que o consulta sobre variados assuntos.

Quinto, a área de saúde está cada vez mais entusiasmada com Caiado.

3 respostas para “Geraldo Alckmin quer disputar Presidência da República com Ronaldo Caiado na vice”

  1. Avatar Epaminondas disse:

    Lá vamos nós de novo entregar a presidência para o PT. Se no frigir de um mensalão, Alckmin (que na época, recebeu o apelido de “picolé de chuchu”, do tanto que empolgava), conseguiu perder a eleição, um Petrolão não irá ajudá-lo.

    Eu poderia lembrar que Alckmin é um dos que fazem coro que não é momento para se conversar de impeachment de Dilma, mas seu “oponente do mesmo lado”, Aécio, também se borra de medo em levantar esta bandeira e reunir sobre seu guarda-chuva todos eleitores descontentes com o PT.

    PSDB realmente tomou gosto em tomar lambadas do PT. Ao invés de convergir num nome, começa já deste cedo a corroer a eleição de 2018.

    Vá lamber sabão, Alckmin!

  2. Avatar Paulo Ferraz disse:

    Eu inverteria a cabeça de chapa! Caiado, com Alquimin de vice!

  3. Avatar Olivier Santine Novaes disse:

    caiado como presidente e alckmin vice…. caiado e caiado…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.