Friboi diz a aliados que se sente livre de pressão mas base insiste que deve ser candidato a governador

A alguns amigos e aliados, Júnior Friboi tem dito que, ao renunciar à pré-candidatura a governador de Goiás pelo PMDB, tirou um peso das costas. A pressão demasiada, as críticas duras nos bastidores ou na imprensa, estava deixando o empresário abatido, até adoentado. Ele sofria pressões do irismo, que não o aceita como candidato a governador, e dos aliados, que, quando veem o empresário, começam a pensar em cifrões (US$ e R$).

Agora, aliados de Friboi sustentam que está sendo mais procurado e não tem sido preciso procurar ninguém. As bases do PMDB, dolarizadas ou não, permanecem dizendo que querem o empresário como candidato a governador em 5 de outubro deste ano.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.