Friboi disse a Vanderlan que, se estiverem juntos em 2016, poderão chegar fortes em 2018

Júnior Friboi e Vanderlan Cardoso: o problema é que o segundo  político não quer ir para o PMDB | Foto: Fotos: Fernando Leite/Jornal Opção e Fábio Lima

Júnior Friboi e Vanderlan Cardoso: o problema é que o segundo
político não quer ir para o PMDB | Foto: Fotos: Fernando Leite/Jornal Opção e Fábio Lima

Os empresários e políticos Júnior Friboi, do PMDB, e Van­derlan Cardoso, do PSB, almoçaram recentemente e conversaram sobre “negócios e cenários políticos”. O Jornal Opção publicou a versão do segundo e agora publica a do primeiro. No básico, não diferem.

“Eu disse a Vanderlan que seu nome é bem-vindo para disputar a Prefeitura de Goiânia em 2016. Eu e o PMDB moderno gostaríamos de apoiá-lo. Trata-se de um nome para ganhar. É gestor, tem experiência”, relata Friboi. “Ele me disse: ‘No momento, estou pensando nos meus negócios, pois estou lidando com política há dez anos’”.

Ante a resposta, não muito precisa, Friboi disse a Vanderlan: “Se você não for candidato, o PMDB lançará um nome”. Dito isto, o líder do PSB perguntou a Friboi: “Qual é o seu plano para 2018?” O líder do PMDB redarguiu: “Não tenho uma ideia precisa sobre 2018, porque está longe. Mas, se estivermos juntos, seremos fortes. Sozinho, você se deu mal, em 2014”.

Friboi diz que tem apreço por Vanderlan. “Gosto muito dele. Porque é determinado e verdadeiro nos relacionamentos e conversas. Mas, se quiser ganhar eleição majoritária, precisa de uma frente política forte, ampla. Eleição é grupo. Um grupo coeso tem condições de ganhar eleições. A divisão excessiva das oposições sempre vai favorecer o candidato do governo.”

Ao sugerir que não tem obsessão com o governo de Goiás, Friboi estaria sugerindo que pode não disputar em 2018? “Pode ser que eu dispute o governo, mas não é mais o sonho principal de minha vida. A eleição será disputada daqui a quatro anos. Será que um empresário como eu, com tantas coisas para fazer, pode esperar tanto tempo?”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.