Frederico Jayme recomenda que Otavinho Lage não dispute com Renato de Castro em Goianésia

O ex-presidente da Assembleia Legislativa afirma que o prefeito está bem e que o empresário corre risco de ser derrotado

Otavinho Lage, presidente da Adia| Foto: Reprodução

Presidente da Adial, Otavinho Lage administrou Goianésia por dois mandatos e é visto como um gestor tanto eficiente quanto decente. Aliados sugerem que não tem interesse em dirigir o município, porque as empresas da família estão em expansão e precisa de seus cuidados. Mas há quem avalie que é o único político da cidade que tem condições de derrotar o prefeito Renato de Castro, do MDB ,que tem o apoio do governador eleito de Goiás, Ronaldo Caiado, do DEM.

O ex-deputado e ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado Frederico Jayme disse ao Jornal Opção que não tem interesse em aconselhar políticos, aliados ou adversários. “Mesmo sem querer interferir na vida política dos outros, diria o seguinte a Otavinho Lage: ‘Não dispute a eleição de outubro de 2020 contra Renato de Castro’”. Por quê? “Porque, embora Otavinho Lage seja respeitado como político e empresário, Renato de Castro faz uma gestão bem avaliada. Portanto, o risco de Otavinho Lage perder é imenso.”

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.