Folha de S. Paulo diz que Ludhmila Hajjar vai ser secretária de Saúde do governo Caiado

A médica é uma das estrelas da equipe de Roberto Calil, o cardiologista da “corte” no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo

Ludhmila Hajjar: médica do Hospital Sírio-Libanês

Mônica Bergamo publica na sua coluna, na “Folha de S. Paulo” (o título da nota é “Martelo”): “A cardiologista Ludhmila Hajjar deve assumir a Secretaria de Saúde de Goiás, a convite do governador eleito, Ronaldo Caiado”.

Ronaldo Caiado, Ludhmila Hajjar e Gracinha Caiado

Ludhmila Hajjar integra a equipe do cardiologista da corte, Roberto Calil, do Hospital Sírio-Libanês, e é professora da USP. A família da médica é de Anápolis, cidade onde nasceu Ronaldo Caiado. O médico e senador é amigo da família.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.