Dona de imobiliária de Goiânia e moradora de condomínio horizontal é investigada pela Polícia Federal

A proprietária de uma imobiliária de Goiânia, moradora de um dos mais luxuosos condomínios horizontais da capital, está sendo investigada pela Polícia Federal. Forte no mercado, a empresária é apontada como suspeita de vender e não entregar medicamentos para dezenas de prefeituras de Mato Grosso. Na semana passada, a PF esteve no condomínio, nas proximidades da BR-153, à procura da executiva, tida como uma negociadora “dura” e “competente”. Ela está sendo investigada pelo setor de Crimes Previdenciários da PF.

O esquema era o seguinte: a empresária vendia medicamentos aos prefeitos, recebia o dinheiro, mas não entregava a mercadoria. O dinheiro era dividido com os administradores municipais. A proprietária da imobiliária amealhou uma fortuna. É milionária.

A Polícia Federal de Mato Grosso efetuou a prisão de um empresário goiano.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.