Deputado Manoel de Oliveira garante que não é o autor da denúncia contra o padre Luiz Augusto

Deputado estadual Mané de Oliveira / Foto: Carlos Costa

Deputado estadual Mané de Oliveira / Foto: Carlos Costa

O deputado estadual Manoel de Oliveira, do PSDB, disse ao Jornal Opção na quarta-feira, 18, que não é o responsável pela denúncia de que o padre Luiz Augusto Ferreira é funcionário “fantasma” da Assembleia Legislativa de Goiás. “Não sou de fazer denúncias deste tipo e acrescento que minha filha é ‘carola’ da igreja deste religioso. Ela inclusive me ligou e perguntou: ‘Por que o sr. está denunciando o padre Luiz Augusto?’”

Manoel de Oliveira frisa que seu “conflito” com o empresário Maurício Sampaio — acusado de ter mandado matar seu filho, o radialista Valério Luiz de Oliveira — não o levaria a fazer a denúncia. “Não tenho nada contra o padre”, afirma.

5 respostas para “Deputado Manoel de Oliveira garante que não é o autor da denúncia contra o padre Luiz Augusto”

  1. Charles Alves Bento disse:

    Nobre deputado ! vc foi eleito para fiscalizar o dinheiro suado do povo.

  2. Gustavo Freitas disse:

    É de curial sabença, o dever de representar, nobre deputado…..

    Me sinto no dever de lhe informar que PREVARICAÇÃO é um crime funcional, praticado por funcionário público contra a Administração Pública. A prevaricação consiste em retardar, deixar de praticar ou praticar indevidamente ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa de lei, para satisfazer interesse ou sentimento pessoal.

    É a inteligência da Lei nº 8.112, de 11/12/90:

    Art. 116. São deveres do servidor:

    (…)VI – levar ao conhecimento da autoridade superior as irregularidades de que tiver ciência em razão do cargo;

    XII – representar contra ilegalidade, omissão ou abuso de poder.
    Parágrafo único. A representação de que trata o inciso XII será encaminhada pela via hierárquica e apreciada pela autoridade superior àquela contra a qual é formulada, assegurando-se ao representando ampla defesa.”

    Ao afirmar que :“Não sou de fazer denúncias deste tipo e acrescento que minha filha é ‘carola’ da igreja deste religioso…..

    Admite que se tomasse ciência da irregularidade e movido por interesses pessoais …. se omitiria na delação ???

  3. ROBERTO disse:

    SE FOI VC DEPUTADO ISTO É O MINIMO QUE VC PODE FAZER PRA HONRAR OS VOTOS QUE NÓS OS GOIANOS CONFIAMOS EM VC,NÃO IMPORTA SE ELE É PADRE OU PASTOR OU PAI DE SANTO OUSEJA LA O QUE FOR.

  4. Edson disse:

    E agora denunciar bandido virou crime ?

  5. Andre Silva disse:

    Pensar que eu voltei nesse deputado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.