Delegado da Polícia Federal será secretário de Segurança do Distrito Federal

Anderson Gustavo Torres é ligado ao deputado Fernando Francischini e ao presidente eleito Jair Bolsonaro

Anderson Gustavo Torres é ligado ao presidente eleito Jair Bolsonaro

O delegado da Polícia Federal Anderson Gustavo Torres foi indicado pelo governador eleito do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, para o cargo de secretário de Segurança Pública. O policial é ligado ao deputado federal Fernando Francischini (PSL-PR) — é seu chefe de gabinete — e ao presidente eleito Jair Bolsonaro.

Anderson Gustavo Torres mora em Brasília e foi diretor parlamentar da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal. Ele também foi papiloscopista da Polícia Civil de Brasília. Segundo o portal Metrópoles, o policial federal “foi definido em concordância com Bolsonaro e o futuro ministro da Justiça, Sergio Moro”.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.